Skip to main content

Alternativas para visitar Vancouver e BC sem pagar hospedagem: o “Volunturism”

Vancouver é uma cidade muito cara. British Columbia (BC), em geral, nāo é uma província barata, por isso, é bem possível que no meio de sua viagem por aqui você descubra que já gastou [muito!] mais do que previa. Calma! Há solução para tudo. No Canadá e EUA o voluntariado é algo levado muito a sério. A tal ponto, que para se formar na universidade você precisa ter prestado determinado número de horas como voluntário em sua comunidade.

A partir deste forte traço cultural, nasceu o “Voluntarism” ou o turismo feito como voluntário. A lógica é simples: você se hospeda em um hotel, hostel, B&B ou até mesmo na casa de algueém, só que ao invés de pagar sua hospedagem [e em muitos casos a alimentação também] com dinheiro, você oferece sua ajuda como voluntário no que for preciso. Normalmente são funções que nāo exigem qualificação especializada, embora não seja raro ser pedido ajuda com web designer, programação e construção de websites.
A regra é basicamente a mesma: você trabalha de 4 a 5 dias por semana, entre 4 a 5 horas por dia e tem os outros dias livres. O clima é sempre bem descontraído e fica bem claro que você não é um funcionário, e sim um voluntário de ferias. Ficando na casa de alguém você acaba por participar da rotina da família, indo a eventos sociais, festas etc. É uma experiência muito bacana, ao estilo de um intercâmbio, com a diferença de que você nāo paga nada.
Em Vancouver há um número significativo de “hosts” (as pessoas que te hospedam) sobretudo vegetarianos e donos de pequenas chácaras e sítios urbanos onde se cultivam hortas e/ou jardins e pomares. Você ajuda no trabalho de colher frutas, aparar o jardim, cuidar das flores e preparar tudo para “dormir” se for antes do inverno ou “acordar” as plantas, na primavera.
Algo comum também, no norte de BC, são criadores de Ruskies (os cachorros) que puxam trenó no inverno. Você vai cuidar deles, brincar, treinar, limpar os… você sabe. Mas não fará sozinho. Normalmente os donos trabalham junto com você.

Eu, particularmente, acho uma oportunidade ímpar de conhecer o Canadá como ele realmente é, combater a solidão de se viajar sozinho, praticar o idioma local, conhecer novas culturas e ampliar sua rede de contatos no Canadá.
Os 2 principais sites para se buscar este tipo de tursmo são: workaway.info e helpx.net. Basta se inscrever e se candidatar às oportunidades que você se identificar.
Se você possui cidadania canadense, é residente permanente ou possui visto de trabalho, você pode optar por voluntariados pagos. Na verdade são empregos nos quais seu salário é descontado na moradia e alimentação, e sempre sobra alguma coisa. É uma ótima oportunidade para se ter experiência canadense no mercado de trabalho, conhecer como funciona a relação empregador-empregado e conhecer seus direitos e obrigações trabalhistas na América do Norte. De forma geral, são empregos com uma carga horária mais leve do que empregos “normais”.
Em BC, eu sugiro fortemente o www.oceanisland.com, um hostel bem no centro de Victoria, em Vancouver Island. Você trabalha 4 dias por semana, 5 horas por dia na limpeza. O trabalho é bem tranqüilo e normalmente os canadenses adoram, pois podem ficar mais tempo em Victoria e ainda ganhar $. Depois do trabalho você pode ir para o bar do hostel com música ao vivo e muita animação. Em termos de pagamento, você recebe CAD250 por mês e não paga alimentação nem hospedagem.
Se você falar idiomas e tiver qualificação pode ser aproveitado para outras áreas como front desk, marketing etc. e até ser contratado definitivamente. Claro que para esta oportunidade é necessário ter permissão de trabalho.
Se você achou interessante, agora basta se cadastrar, escolher “host” e se divertir muito gastando… quaase nada.
E viva o Canadá!


Alberto Escosteguy

Deixe uma resposta