Skip to main content

Solstício de Verāo

Enfim, é verāo no hemisfério norte!

Esta data é muito comemorada por aqui, seja na America do Norte ou Europa Central/Norte. A razāo é bem simples: nestas regiões, as estações sāo muito bem definidas e uma é bem diferente da outra, inclusive em suas cores. No inverno, tudo fica branco. No outono, a paisagem se veste de vermelho e laranja (tipicamente no Canadá e na Nova Inglaterra).

Na primavera há flores e tulipas por todo lado e de tudo que é cor. E entāo, vem o verāo! Quente. Muito quente. E com muita luz! Na maior parte do Canadá, por exemplo, o sol brilha até por volta das 22:00 hrs e às 05:30 já tem sol. E em certas partes setentrionais, simplesmente o sol nāo se põe por 3 meses ! Um bom exemplo disso é a cidade de Inuvik, no Northwest Territories, uma boa surpresa para o turista. Mas… o verāo é curto. Às vezes bem curto! Três meses se tudo correr bem. Em 2014, por exemplo, houve uma tempestade de neve em Calgary em agosto, em pleno verāo !

Por isso tudo, a estaçāo do sol é muito comemorada. E mais comemorado ainda é o dia no qual o verāo se inicia, o chamado de Solstício de verāo, que cai em 21 de junho e faz com este seja o dia mais longo do ano.

Eu ja passei o Solstício em Toronto, Calgary, BC e Paris. Posso dizer sem errar que Paris é imbatível! A noite inteira de 21 de junho é a chamada ” Fête de la Musique” e Paris se transforma em um palco musical a céu aberto: artistas de todoas os tipos, desde o garoto que tenta tocar guitarra até grandes e famosos cantores e grupos de Rock, música folclórica, música clássica ( incluindo ópera!), Punk, House, Trance… qualquer coisa!

É a festa mais linda que já vi na vida. É a celebraçāo do verāo ! E uma dica: se você se interessou e quer passar o Solstício de verāo de 2018 em Paris, vá com alguém que você ama e busque os intérpretes de Edith piaff, Mustaki e outros no bairro do Le Marais, no 4eme Arrodissment. Garanto pra você que dá em casamento ( experiência própria! Haha).

Enfim… depois de vários suspiros, voltemos ao Canadá.

Por aqui, nāo há a magia de Paris, isso é certo. Mas há um povo acolhedor, sorridente, muito feliz, natureza abundante, todas as aves de migram nesta época e enchem os parques das cidades de vida, gente bonita e… o que eu acho que compensa qualquer outra coisa: SEGURANÇA.

O Canadá é um país extremamente seguro e estável. A violência urbana é praticamente inexistente, assaltos na rua, metrô, ônibus etc sāo coisa raríssima e, em 7 anos de Canadá, eu nunca vi. Já em Paris fui ameaçado com uma faca por um doido no metrô Chatelêt e a pessoa que mais amo quase morreu esmagada pela porta do metrô em Louvre-Rivoli. Entāo, é como dizem: lugar perfeito, nāo existe.

O importante é elencar suas prioridades e preferências e ir de acordo com elas. Ou ir a todos os lugares, adaptando-se a cada um deles.

No mais, é olhar pro céu azul, para os gansos e patos que chegam com o verāo, aproveitas os longuíssimos dias de verāo canadense até as 22:00 e ser feliz!

Bom verāo pra todo mundo!


Alberto Escosteguy

Deixe uma resposta