Skip to main content

Solstício de Verāo

Enfim, é verāo no hemisfério norte!

Esta data é muito comemorada por aqui, seja na America do Norte ou Europa Central/Norte. A razāo é bem simples: nestas regiões, as estações sāo muito bem definidas e uma é bem diferente da outra, inclusive em suas cores. No inverno, tudo fica branco. No outono, a paisagem se veste de vermelho e laranja (tipicamente no Canadá e na Nova Inglaterra).

Na primavera há flores e tulipas por todo lado e de tudo que é cor. E entāo, vem o verāo! Quente. Muito quente. E com muita luz! Na maior parte do Canadá, por exemplo, o sol brilha até por volta das 22:00 hrs e às 05:30 já tem sol. E em certas partes setentrionais, simplesmente o sol nāo se põe por 3 meses ! Um bom exemplo disso é a cidade de Inuvik, no Northwest Territories, uma boa surpresa para o turista. Mas… o verāo é curto. Às vezes bem curto! Três meses se tudo correr bem. Em 2014, por exemplo, houve uma tempestade de neve em Calgary em agosto, em pleno verāo !

Por isso tudo, a estaçāo do sol é muito comemorada. E mais comemorado ainda é o dia no qual o verāo se inicia, o chamado de Solstício de verāo, que cai em 21 de junho e faz com este seja o dia mais longo do ano.

Eu ja passei o Solstício em Toronto, Calgary, BC e Paris. Posso dizer sem errar que Paris é imbatível! A noite inteira de 21 de junho é a chamada ” Fête de la Musique” e Paris se transforma em um palco musical a céu aberto: artistas de todoas os tipos, desde o garoto que tenta tocar guitarra até grandes e famosos cantores e grupos de Rock, música folclórica, música clássica ( incluindo ópera!), Punk, House, Trance… qualquer coisa!

É a festa mais linda que já vi na vida. É a celebraçāo do verāo ! E uma dica: se você se interessou e quer passar o Solstício de verāo de 2018 em Paris, vá com alguém que você ama e busque os intérpretes de Edith piaff, Mustaki e outros no bairro do Le Marais, no 4eme Arrodissment. Garanto pra você que dá em casamento ( experiência própria! Haha).

Enfim… depois de vários suspiros, voltemos ao Canadá.

Por aqui, nāo há a magia de Paris, isso é certo. Mas há um povo acolhedor, sorridente, muito feliz, natureza abundante, todas as aves de migram nesta época e enchem os parques das cidades de vida, gente bonita e… o que eu acho que compensa qualquer outra coisa: SEGURANÇA.

O Canadá é um país extremamente seguro e estável. A violência urbana é praticamente inexistente, assaltos na rua, metrô, ônibus etc sāo coisa raríssima e, em 7 anos de Canadá, eu nunca vi. Já em Paris fui ameaçado com uma faca por um doido no metrô Chatelêt e a pessoa que mais amo quase morreu esmagada pela porta do metrô em Louvre-Rivoli. Entāo, é como dizem: lugar perfeito, nāo existe.

O importante é elencar suas prioridades e preferências e ir de acordo com elas. Ou ir a todos os lugares, adaptando-se a cada um deles.

No mais, é olhar pro céu azul, para os gansos e patos que chegam com o verāo, aproveitas os longuíssimos dias de verāo canadense até as 22:00 e ser feliz!

Bom verāo pra todo mundo!


Alberto Escosteguy

Alberta IV: como conhecer Calgary com poucos dólares

Este slideshow necessita de JavaScript.

Calgary é uma das cidades mais interessante para o bolso do brasileiro. A primeira razāo é que a taxa governamental sobre tudo que você compra (inclusive hotéis e restaurantes) é de apenas 5%, a mais baixa do Canadá. Ontario, por exemplo, é 13% , BC 12% Québec quase 15%! O motivo é simples: a província de Alberta nāo cobra imposto! Isso mesmo! Portanto, esses 5% sāo relativos ao imposto federal. No fim do mês, a diferença de seus gastos acrescidos de 5% ou 15% podem fazer uma grande diferença!

.
Outra vantagem é que o C-Train, o metrô de superfície de Calgary, é FREE no centro da cidade. Baita vantagem essa se você se deslocar principalmente no centro. Ainda se você dirigir, a gasolina é a mais barata do país.
Com a crise do petróleo atingindo Calgary em cheio e já no seu terceiro ano, as diárias do Airbnb despencaram, já que o poder de compra da classe média caiu, os apartamentos ficaram vagos e, para nāo perderem dinheiro, os proprietários botaram os apartamentos naquele website.

.
Para de ser uma idéia, eu estou alugando um quarto com banheiro, cama king size em uma casa a venda de 3 quartos (que está vazia, ou seja na prática, eu aluguei a casa toda, pois só eu estou lá (em uma área bem central) por CAD50/dia! Exato, você leu certo: cinqüenta dólares canadenses por dia!

.
Acredito que você já deva ter se interessado em saber um pouco mais sobre Calgary. Bem, eu iria, pois gosto do meu dinheiro.

.
Vamos falar um pouco sobre o que há para se fazer em Calgary na primavera/verāo de que custe pouco ou nāo custe nada.

.
Calgary é famosa no Canadá por ser uma cidade de parques urbanos cheio de flores, verde , gansos e patos canadenses, coelhos e esquilos, e por ser uma cidade extremamente segura.

.
Os principais parques urbanos em Calgary, todos de graça, sāo:

1) Sandy Beach Park: apesar do nome, nā há areia e muito menos praia aqui, mas é um dos melhores parques para um piquenique, levar as crianças, o cachorro ou o namorado/a para relaxar e caminhar. (http://bestofcalgary.city/stories/best-place-calgary-walk-your-dog-sandy-beach-dog-park)

2) Bowness Park: especialmente bom para as crianças, nāo só porque há muitas delas por lá, como nāo há tantos cachorros e animais quanto o parque acima. Há também muitos brinquedos para crianças pequenas. (http://calgaryplaygroundreview.com/bowness-park-playground/)

3) Rotary Park (http://www.calgaryataglance.com/rotary-park.html) é um “off-leash park” ou seja, um parque onde os cachorros de todos os tamanhos e tipos podem se esbaldar sem coleira e correr a vontade. Com proteção em seus limites para evitar atropelamentos e outras mazelas, os off-leash parks sāo quase uma instituiçāo canadense: em toda cidade, por maior ou menor que seja, você vai vê-los. Em Calgary há muitos, mas este oferece uma linda vista do centro da ccidade e é de fácil acesso.

4) Edworthy Park: (http://www.calgary.ca/CSPS/Parks/Pages/Locations/SW-parks/Edworthy-Park.aspx) Parque propício para longas caminhadas em trilhas urbanas, asfaltadas ou nāo, assim como prática de musculaçāo, com vários aparelhos de boa qualidade disponíveis a um custo convidativo: grátis.

.

Outras atividades gratuitas em Calgary:

1) Devonian Gardens
(http://www.visitcalgary.com/things-to-do/sports-recreation/parks-gardens/devonian-gardens). Este é meu favorito: um jardim TROPICAL, com árvores, flores e peixes… BRASILEIROS e de outros países tropicais no último andar de um shopping center bem no centro da cidade. O jardim é sempre quente e úmido, com crianças e idosos sendo seus frequentadores preferidos. No jardim há também uma praça de alimentaçāo com sorvete, fast food e restaurantes (esses sāo pagos, tá?). A entrada do jardim é GRATUITA e eu, quando morava aqui, passava horas em uma das muitas mesas estudando ao som de uma fonte de água. Vale a pena.

2) Santuário de Pássaros de Inglewood (https://www.tripadvisor.ca/Attraction_Review-g154913-d649565-Reviews-Inglewood_Bird_Sanctuary_and_Nature_Centre-Calgary_Alberta.html). este lugar abriga 270 espécies de pássaros livres, sem gaiolas nem grades. Há sempre informações sobre as migrações que estāo ocorrendo e fotos, para você poder saber quais sāo os pássaros e de onde vêem. Grátis.

3) Calgary Stampede (http://www.calgarystampede.com/stampede) .
OK, este evento nāo é grátis mas é o maior rodeio do mundo. É o mais importante evento da cidade e ocorre no mês de julho. Calgary gira em torno deste evento durante os dias de festa. É grandioso e vale muito a pena conhecer , mesmo se você nāo gostar de boi e música sertaneja. Mesmo no Stampede há eventos grátis, que variam conforme o ano do evento. Se você vier em julho, vale a pena ir.


Alberto Escosteguy

Calgary II: Uma Cidade No Mínimo Curiosa

Calgary é no mínimo uma cidade interessante, digna de um estudo sociológico. A cidade é única de médio/grande porte no Canadá a nāo possuir um bairro LGBTQ. Inclusive, a única boate gay que existia fechou as portas ano passado. A populaçāo é predominantemente branca e conhecida por valores calcados na família branca e cristā.

.

Em contraste, seus habitantes elegeram com ampla maioria um prefeito de origem indiana, nāo-cristāo e… abertamente gay. Muito abertamente, a ponto de levar o marido a eventos oficiais e posar com o mesmo para fotos de revistas de celebridades. E os moradores adoram! Mas eles nāo pararam por aí. Eles reelegeram o prefeito. E depois de novo. E de novo!

.
A província de Alberta é conhecida por ser muito conservadora, berço do partido homônimo e de um dos Primeiros ministro mais conservadores da história do Canada, Stephen Harper. Pois bem. Há 2 anos a província, capitaneada por Calgary, elegeu em todas as esferas governamentais de uma vez só o partido mais a esquerda do Canadá: O NPD.

.
Calgary possui um dos maiores rodeios do mundo, o Stampede. Homens machos e rudes, montando cavalos, laçando bois, com cara de mau. Lugar obviamente heterosexual e homofóbico. Certo? Errado. Um dos eventos do Stampede é o … Gay Stampede! Gays montando cavalos (sem pensamentos engraçadinhos, este é um site de família por favor!), laçando bois e com caras de maus.

.
Calgary é assim. Mas nāo para por aí.

.
A Māe Natureza também gosta de brincar em Calgary. Considerada uma das cidades mais frias do mundo, com invernos chegando a assustadores -45 C, existe um fenômeno único por aqui: o chamado Chinook: no meio do inverno brutal, da noite para o dia, o sol brilha forte, o céu fica azul e… faz calor! Calor de se andar de bermuda. E no verāo, bastante quente, beirando os 40 graus, da noite para o dia, o tempo fecha, o céu fica cinza, chove e faz frio. Frio de botar luva. EM 2014, em pleno verāo, sem cerimônia e sem avisar, a neve deu as caras e uma tempestade se abateu sobre a cidade.

.
Assim é Calgary. E com tudo isso, consegue ser uma linda cidade, muito segura, tranqüila e com parques urbanos de tirar o fôlego.


Alberto Escosteguy

ALBERTA III: Calgary – Natureza em abundâcia e alta segurança pública

Calgary concentra as sedes das principais indústrias de geraçāo de energia e prospecçāo de petróleo e gás do Canadá, sendo Alberta a principal província deste ramo de atividade econômica. Com a queda astronômica do preço destas commodities, nāo é de surpreender que a província e especialmente a cidade de Calgary, entrassem em uma grave crise financeira e imobiliária. Porém, mesmo com a crise tirando o sono dos locais, você pode tirar grandes vantagens disso, pois os preços de hotéis e aluguéis estão baixos. Mas se apresse, pois é quase unanimidade entre os especialistas do setor que, a contar um ano, aproximadamente, da data deste post, a crise terá cedido e tudo voltará ao normal. E normal para Alberta significa caro para você. Por enquanto, vamos aproveitar.

.
Falar de Calgary nāo é muito difícil, pois eu morei 3 anos aqui, onde fui convidado a coordenar duas pesquisas em psicologia infantil na Universidade de Calgary. A cidade é extremamente agradável de se morar, com a natureza presente em todo canto com sua fauna abundante e mudando de acordo com a estaçāo.

.
Aliás, poucos lugares no mundo onde eu morei me proporcionaram tal magia das mudanças de cada estaçāo tāo marcantes quanto nesta cidade.

.
O verāo é esturricantemente quente, seco e com dias muito longos, no seu auge proporcionando luz solar até por volta de 22:30 hrs e amanhecendo às 4:30h da manhā. A primavera se apresenta com temperaturas agradáveis, chuvosa e nascem flores em qualquer lugar da cidade. O outuno é vermelho e amarelo, com as copas das árvores mais parecendo uma floresta de fogo. Por fim, o inverno. Muito frio, dias bem curtos e branco, muito branco com muita neve.

.
Calgary é um lugar muito seguro, com baixíssimos índices de criminalidade com um povo muito acolhedor…e uma cidade muito bonita! Posso falar sem errar que as pessoas mais bonitas do Canadá que eu vi foram em Calgary, seguida pelo Québec. Nāo é à toa que eu vim para Calgary solteiro e saí noivo!

.
Se você quiser vir para cá (incluindo Banff) eu sugiro que seja no final da primavera, pois a temperatura ainda nāo está desumanamente quente e as flores e passarinhos estāo bem alegres.

.
Outras duas peculiaridades de Calgary na primavera sāo os coelhos, que sāo chamados de Jackrabbits (ok, eles estāo aqui o ano todo) e os gansos candadenses! Eles sāo uma festa! Os gansos e patos canadenses chegam em sua migraçāo em Calgary na primavera para reproduçāo em grande quantidade e o mais bacana: eles não têm medo de gente! Você pode chegar bem pertinho e tirar fotos, filmar que tudo bem. O que pode acontecer, se ficar enchendo muito o saco é levar uma boa de uma bicada. Já os coelhos sāo muito fofos. O que mais me encanta neles é que eles mudam de cor de acordo com a estaçāo!

.

Na primavera verāo e parte do outono eles sāo marrons ou cor de ferro, um cinza escuro. No inverno… eles ficam brancos!  Branquinhos, sem nenhuma mancha! Eles também nāo costumam ter medo de gente, mas sāo mais ariscos que os patos e gansos. Uma dica: se você ficar mais tempo e alugar uma casa, feche a porta! Eles nāo farāo muita cerimônia em entrar e atacar sua despensa.

.
Falando em atacar despensas, há outros bichos na primavera/verāo que podem se convidar para o quintal da sua casa e às vezes até na cozinha. Sāo os alces! Eles sāo conhecidos por devorar os jardins. Por fim, na primavera Calgary recebe visitantes (em bem menor número, é claro!) que você nāo vai querer encontrar: os ursos! Eles sāo raros mas às vezes dāo as caras, ou melhor, os focinhos, pois acordam famintos de sua hibernaçāo invernal.

.
Por este post ficamos por aqui. Abraços e nāo deixe de trazer seu spray contra ursos!


Alberto Escosteguy

ALBERTA II: Banff no verāo é perfeita para os amantes de esportes radicais

Banff é uma pequena cidade a 2 horas do centro regional, Calgary. Além de ser de fácil acesso via transporte público se você alugar um carro em Calgary poderá ir parando em diversos pontos na estrada feitos para se tirar fotos que sāo deslumbrantes. No inverno, a nāo ser que você tenha habilidade de direçāo na neve e no gelo, aconselho o ônibus. No verāo e na primavera sem dúvida o carro é a melhor pedida.

A estrada é muito boa, segura e belíssima. Se você for de carro, logo nos primeiros 40 minutos irá começar a ver as montanhas Rochosas aparecerem imponentes a sua frente e o impulso é parar a cada 5 minutos para tirar fotos. Claro que você pode fazer isso, mas se puder seguir dirigindo por uma hora, em média, os cenários realmente deslumbrantes começarāo a despontar na estrada.

No verāo nāo há neve mas as montanhas se cobrem de verde e de pedras, de uma forma muito peculiar. Eu, particularmente, prefiro, para fotografias, o contraste na estrada das montanhas no verāo (veja fotos de arquivo pessoal abaixo) do que no inverno. Claro que o inverno é lindo, mas mito frio. Se o tempo for curto e você tiver alugado um carro, é perfeitamente viável sair cedo de Calgary ( lá pelas 8 da manhã) e voltar à noite, lá pelas 21:00 hrs. Esqueça a imagem que provavelmente vaio a sua mente: “Mas 21:00 hrs é escuro, não dirijo a noite“. Esqueça isso. No verão, Banff e Calgary somente escurecem após as 22:30 hrs! Eis outra grande vantagem de se conhecer Alberta no verāo: os dias são muito longos !

Meu conselho para a baixa estaçāo ( até 21 de junho) é nāo reservar hotéis. Chegue em Banff e faça uma busca entre os muitos hotéis e Bed&Breakfasts da cidade. Os preços podem variar muito, inclusive de um hotel para outro vizinhos de porta! Nāo tenha medo em dizer “seu concorrente me cobrou menos que você, se você bater o preço eu fico aqui.” Esta é a cultura na América do Norte.

Eles nāo vāo se ofender. O máximo que dirão é ‘nāo’. Mas na baixa temporada, dificilmente dirão. Agora, se você for nas férias de julho/agosto ou fim de ano, essa regra nāo vale. Nestas datas, pesquise bastante online e vá com o hotel pago, de preferência. Os Albergues da Juventude da cidade sāo bem legais.  Para viajantes solo eu recomendo – e nāo sāo caros.

As atividades de esportes de verāo sāo muitas e para todos os gostos. Eis outra razāo para escolher um hotel barato: você nāo veio a Banff, cidade conhecida pelas atividades outdoors para ficar trancado no quarto ou na piscina do hotel. Nāo, né??

Vamos nos concentrar na primavera / verāo neste post. Como em todo Canadá, a atividade preferida é o chamado ” whitewater rafting. Comecemos por este esporte e sigamos adiante com alguns outros.

whitewater rafting“. Por que  este nome água branca? Porque rafting consiste em descer de kaiaque correnteza abaixo e a adrenalina está exatamente quando você atinge os locais onde a correnteza é mais forte e a água faz sepuma branca ao bater na pedras. Ah, só a água que deve bater nas pedras nāo você, combinado? Após você praticar seu primeiro rafting você vai me entender.

Bikecross: eis outra paixāo canadense de verāo. Alugue uma bicicleta ( ver no link) e faça bikecross como quiser. Escolha declives e subidas radicais, como os locais preferem ou passeios mais tranquilos no plano. Seu seguro de viagem agradece,

Clive Trail Hiking: este esporte consiste basicamente em você se esborrachar… oops… desculpe! Consiste em subir morros e montanhas íngremes usando dois bastões que você vai fincando na pedra e vai subindo… subindo… e depois desce tudo. Bacana! Depois que você fizer conta para nós como é!

Cavern Hiking: o nome já diz. Caminhar e explorar cavernas. Em Banff há muitas. Ah ! Tem morcego por lá também , ok?

Ainda está muito light? Ah, você possui o espírito canadense! Antes disso, é importante afirmar que os esportes abaixo sāo proibidos em parques nacionais no Canadá:

Ziplining, parasailing, hang gliding e downhill mountain biking.

Dito isso, vamos lá:

(ATENÇĀO: MONDO BLU NÃO RESPONDE PELA SEGURANÇA DOS QUE ESCOLHEM ESPORTES [ULTRA] RADICAIS NEM PELAS EMPRESAS QUE FORNECEM EQUIPAMENTOS. ACONSELHAMOS FORTEMENTE QUE VOCÊ CONHEÇA  SEUS LIMITES.  TODO VERĀO HÁ VÁRIOS ÓBITOS NO CANADA EM FUNÇĀO DE ACIDENTES FATAIS EM ESPORTES RADICAIS).

Maximum Horse Power: Consiste em descer corredeiras de nível avançado em um bote com um número mínimo de pessoas a bordo. Uso de equipamento completo de segurança obrigatório por lei. E por aqui a lei funciona mesmo.

Hot Rock: Consiste em uma versāo mais sem noçāo, quer dizer, mais radical de Clive Trail Hiking: você escala montanhas íngimes com um guia ( obrigatório)… com as māos ! Isso mesmo! Todos os equipamentos de segurança sāo obrigatórios.

Tendem Skydive: Consiste em um tipo de pára-quedismo no qual você  é ligado a um  instrutor por uma corda. O instrutor orienta o aluno durante  todo o salto, que se dá em queda livre.

Turismo Selvagem: Tours guiados para avistar e fotografar ursos, mais de perto do que você pensa. Treinamento de corrida aconselhado ( é brincadeira!).

Por enquanto ficamos por aqui. Agora é só se ter bom preparo físico, gostar de aventuras e … ter um bom plano de seguro de viagens !

 

 

As montanhas sāo sempre uma fonte de inspiraçāo.

 

A viagem é muito bonita no verāo, com as montanhas coloridas e imponentes.